Author Ingrid Petersen

São 50 primaveras comprimidas num pacote de 21, tudo muito intenso. Dizem que eu penso demais, e se realmente soubessem, continuariam dizendo. Escrevo com o coração, para organizar as ideias e os sentimentos. Vez sim e outra também com a pretensão de tocar o coração de alguém. Uso a arte como forma de sublimar as dores da alma, por isso acredito que a dor deva ser sentida. Muito embora eu ainda esteja aprendendo a parar de evitá-la. Acredito no poder dos pequenos impactos, e no divino que nos conecta para grandes reverberações. Uma manifestação do Amor.