Me deixa ser inteira com minhas dores, minhas cores, meus amores

0

Me deixar ser inteira, pois você merece a melhor parte de mim.

Eu não estou te pedindo nada, na verdade. Estou apenas te indicando um bom caminho para sermos íntegros um com o outro.

Sinto muito se antes de você tive amores, dores, cores e até sabores. Se experimentei das coisas que a vida me mostrou.

Hoje sou inteira com minhas histórias. Não sou quem você ama a toa. Não que você precise acha-las tão interessantes assim. Mas que ao menos me permita guarda-las como tem que ser, pois sem elas eu não sou eu.

 Não se sinta ameaçado pelo que já senti, pois o que sinto hoje é o que me vale para o agora. E o que eu sinto hoje é a imensa vontade de estar sempre ao seu lado, de te ser o melhor presente sempre, a cada segundo do nosso longo futuro juntos.

Você nem sabe, mas quando você vai até uma vitrine enquanto andamos no shopping, te olho de longe e penso: “Já tive tantas paixões, já tive tantas histórias maravilhosas… E nem de longe chegam aos pés desta, de você!”.

Se você soubesse como me orgulho de ter boas histórias de amor e de, com você, estar tendo a melhor delas. A única que eu verdadeiramente quero que seja para sempre, não porque eu cansei de amar, mas porque eu amo te amar. Eu amo você.

Então não sinta medo do que eu já vivi. Não tenha medo do que não te ameaça, porque o meu passado passou. E passou tão bem passado que hoje ele é uma daquelas fotos que a gente mostra quando vem a visita, mas que o nosso maior orgulho mesmo é mostrar nosso sorriso por aquilo ali ser só uma lembrança e pelo melhor da festa ser o que temos ali, de verdade. O presente.

Ela só queria ter alguém a quem esperar no fim do dia

Oi, moço, esse texto é pra você. Pra você que está até agora sem saber porque ela foi embora, sendo que sempre jurou te amar tanto. Pra você que terminou mesmo jurando gostar dela, só porque achava que quem deveria ceder a tudo era ela e não você, “o homem da relação”. Pois …

Eu te amo como jamais amei antes, não porque seja apenas mais intenso, mas por ser tão real que nada do que senti antes pode ameaçar isso. Nada!

Você é minha maior e mais bonita realidade. Aquela que quero levar comigo sempre e não apenas em forma de memória, mas em forma de uma fábrica delas.

Você é quem eu quero comigo na varanda ao fim de tarde, quando eu já for só um amontoado de rugas e reumatismos, para quem eu possa contar rindo tudo o que já vivi e que ao fim do por do sol, você descanse a cabeça em meu colo e adormeça, babando e cheirando a velhinho, enquanto eu ainda sorrio e te contemple igual quando ainda podíamos andar no shopping e você ia olhar as vitrines.

Romântica, mas de um jeito nada romântico. Escrever é como construir uma colcha de retalhos: vou juntando pedaços de histórias, sentimentos e pensamentos meus, seus, de outras pessoas. E a cada vez que você me lê, me cita e me compartilha, enche meu coração de alegria e mostra para alguém um pouco mais de você, de mim e, claro, dela mesma.

Amo escrever, mas amo mais ainda ser lida. ♥

Mãe de Adolescente

Comentários

comentários

Comments are closed.