Não chore por mim. Eu não vou voltar

0
Mãe de Adolescente

“Não chore por mim, eu não volto. Mas quero que você continue sua caminhada. Pode olhar para trás e ainda verás minhas marcas e, às vezes, o vento ainda te trará meu cheiro, mas não chore por mim. Quero que vá e leve seu sorriso para acalantar outros corações, como tantas vezes acalantou o meu.” 

(Thatu Nunes)

Você pode ler esse texto ao som de Don’t Cry For Me

Carta para o dia em que eu for embora…

Sabe, amor, eu não estou mais ao seu lado. Já não estou mais em nenhum lugar, a não ser em seu coração e em suas memórias. Se tem algo que sinto muito por ter partido é não poder mais te tocar, te sentir, estar ao seu lado.

Mas a sua caminhada ainda é longa e tem que continuar. Você tem que seguir em frente, de olhos, sorriso e coração abertos.

Sinto uma pontinha de ciúme e inveja daquelas que ainda terão você ao lado. Quisera eu poder durar até o fim dos seus dias, terminar juntinhos nossa jornada.

Você com seu jeito cuidadoso de “me proteger”…

TEXTO NOVO: “Não chore por mim. Eu não vou voltar” http://www.logicafeminina.com.br/nao-chore-por-mim/

Uma foto publicada por Thatu Nunes (@thatununes) em

Não chore por mim. Sorria toda vez que se lembrar de mim. Fale de mim para todos, conte nossas histórias, fale de como eu me ninhava no cantinho do sofá para te fazer vir me abraçar e de como você vinha “me proteger” quando eu chorava em um filme.

Fale de como eu dizia “Eu te amo. Cuidado” todos os dias quando você saía para trabalhar e conte de como eu tinha uma meia calça que espetava e eu a usava para dormir só pra te irritar.

E de quando eu começava a falar sem parar coisas sem sentido só para chamar sua atenção ou da vez que te infernizei tanto que você foi buscar Coca-Cola pra mim quase de madrugada.

não chore por mim

Conte de como parei de fumar e como eu me lembrava, todos os dias, das pessoas que me foram importantes, mesmo que elas jamais saibam disso.

De como me orgulhava da minha família, dos mais pais, irmãos, madrinha, primas e amigas.

Lembre-se do meus defeitos: a bagunça que eu sempre fazia pra tudo largando copos pela mesa e no criado-mudo, de como eu enrolava para fazer as coisas.

Lembre-se de tudo, mas não chore por mim. Não deixe de viver um segundo que seja por mim, porque te quero vivo, te quero feliz!

Sinta tudo o que lhe for proporcionado, entregue-se a um novo amor, seja o melhor amor para esta pessoa, viva como se jamais tivesse amado antes.

Não chore por mim, eu não volto. Mas quero que você continue sua caminhada. Pode olhar para trás e ainda verás minhas marcas e, às vezes, o vento ainda te trará meu cheiro, mas não chore por mim. Quero que vá e leve seu sorriso para acalantar outros corações, como tantas vezes acalantou o meu.

Não chore por mim, mas jamais me esqueça. E sempre que lembrar: sorria!

Com amor… Thatu Nunes ♥

 

Romântica, mas de um jeito nada romântico. Escrever é como construir uma colcha de retalhos: vou juntando pedaços de histórias, sentimentos e pensamentos meus, seus, de outras pessoas. E a cada vez que você me lê, me cita e me compartilha, enche meu coração de alegria e mostra para alguém um pouco mais de você, de mim e, claro, dela mesma.

Amo escrever, mas amo mais ainda ser lida. ♥

Comentários

comentários

Comments are closed.