Quando chega naquela fase e surge a dúvida: “Afinal, estamos namorando?”

Estamos ficando há meses, os amigos já sabem, mas a falta de esclarecimento deixa a eterna dúvida: “Afinal, estamos namorando ou não?”

Tudo aponta que sim, mas e o medo de perguntar?

Medo de que você se sinta pressionado e estrague tudo. Medo que você não queira o mesmo que eu.

Mas ao mesmo tempo, a incerteza me corrói.

Em alguns momentos, eu quase tenho coragem de perguntar, mas acabo me acovardando e deixando pra depois.

E quando algum amigo faz piada e diz que somos namorados, eu nego mais que correndo, não porque eu não queira, mas por medo de parecer que estou forçando a barra. Ou por bobeira mesmo, sei lá.

Nego automaticamente, mas me arrependo logo em seguida, já me questionando por que não me aproveitei deste momento para deixar claro o que tanto quero.

Me sinto tão boba por agir feito uma meninota de 10 anos diante do seu primeiro amor, mas é tão inevitável.

Eu só queria poder falar de você para as amigas e de poder apresenta-lo em casa, leva-lo as festas de família dizendo “Meu namorado”.

Você não faz ideia como fico feliz quando você, por um instante, me toca diante de todos, me beija e demonstra algum carinho. Ou mesmo quando diz algo que deixa claro que estamos juntos, como um casal.

Meu coração transborda de esperanças de que dali para a frente você finalmente vai proferir a sentença “Minha namorada”.

Sonho com o dia em que finalmente tudo ficará claro, mas não consigo tomar qualquer atitude que possa esclarecer esta nossa situação que, no fundo, é clara, mas não é esclarecida.

Por isso, compartilho agora este texto, afinal sei que você vai ler e, quem sabe, finalmente tome a atitude que tanto espero. Prometo que me farei de surpresa, afinal estarei imensamente feliz.

Te espero.

Comentários

comentários

About Author

Romântica, mas de um jeito nada romântico. Escrever é como construir uma colcha de retalhos: vou juntando pedaços de histórias, sentimentos e pensamentos meus, seus, de outras pessoas. E a cada vez que você me lê, me cita e me compartilha, enche meu coração de alegria e mostra para alguém um pouco mais de você, de mim e, claro, dela mesma.

Amo escrever, mas amo mais ainda ser lida. ♥

Comments are closed.