Dizem que a internet é terra de ninguém. Nunca entendi bem o porquê dessa afirmação, já que tudo aqui existe por uma razão. E toda ação nessa “terra” causa uma reação. E assim é também com as pessoas desconhecidas que temos qualquer contato por aqui. Desconhecidas até certo ponto. Um clique e a gente consegue descobrir muita coisa sobre alguém. Mas nada se compara a uma conversa despretensiosa.

Comecei cedo com as amizades virtuais. Talvez por ser tímida demais para desenvolver amizades reais. Lá pelos 13, 14 anos, numa sala de bate papo do UOL, conheci o Thailon. Thailon tinha a mesma idade que eu. Se transformou no meu melhor amigo virtual em bem pouco tempo, mas aí o tempo passou Thailon tomou outros rumos na vida, eu também e perdemos o contato. Não sei se ele ainda se lembra de mim, mas eu me lembro daquele amigo legal que varava madrugadas comigo no MSN. E me lembro com muito carinho e saudade.

 

amizade virtual 02Depois disso vieram outras amizades. Um que conheci no Reclame Aqui quando fomos golpeados pela mesma loja virtual, uma que conheci enquanto lia o post de uma conhecida, no Facebook, e ela mencionou uma vitamina “gringa” para ajudar crescer o cabelo, outro que adicionei, no Facebook, porque gostava das ideias que publicava e queria saber melhor quem era, outro que tinha as mesmas afinidades, no Twitter, outro que tinha opinião diferente, mas defendia a mesma com muita classe, no Instagram, os inúmeros que fiz em tantos grupos, sobre diversos assuntos, que participei e participo no Facebook, etc, etc, etc.

Mas será essa uma visão somente minha? Dias atrás, conversando com um amigo de infância, (do mundo real mesmo rs), ele me disse que não gosta de fazer amigos virtuais, porque se as pessoas já mentem como mentem na vida real, imagina na virtual?! Ele tem razão. Isso não deixa de ser verdade. Mas será que é todo mundo assim? Pelas minhas experiências, acho que não.

Virtual e/ou real, ter amigos é muito bom! Poder conversar, descontraidamente, com uma pessoa que parece sua alma gêmea de amizade, e essa pessoa estar a milhares de quilômetros de distância, sem que ambos nunca tenham se encontrado, mas se falam como se conhecessem um ao outro desde sempre, não tem preço! E quando aparece aquela oportunidade incrível de dar um abraço pessoalmente naquele amigão virtual? Uma sensação quase indescritível de felicidade!

E a gente segue o jogo da vida. Alguns amigos virtuais ficam pelo meio do caminho, por vários motivos, outros saem do virtual e vem para o mundo real, outros permanecem no mundo virtual, mas a amizade se fortalece cada dia mais e ainda outros, do mundo real, que acabam se distanciando, geograficamente, e viram amigos virtuais. Sim, o caminho inverso também acontece.

A verdade é que quase todo mundo tem uma história fantástica, louca, surreal, linda, emocionante, etc, sobre amizade virtual. E você? Tem uma história? Qual sua história? Divide com a gente e sujeite-se a encontrar novos amigos virtuais. Aqui mesmo. Na terra maravilhosa, de todo mundo, chamada internet!

About Author

Uma apaixonada por comunicação, com o coração na ponta da língua e a alma na ponta dos dedos. Escrevo sobre a vida e nada me inspira mais do que as pessoas. Gosto de lidar com gente, com suas histórias e suas experiências!

Comments are closed.