Dizer que “Homens não gostam de mulher inteligente” é uma desculpa burra, diz bom senso

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Segundo pesquisa recente, veiculada no BrasilPost, homens se tornariam inseguros ao lidar com mulheres mais inteligentes que eles.

 

Isso poderia até ser verdade, porém, essa pesquisa apresentada não serve de base pra nada, além de inflar egos de moçoilas e acabar por perpetuar uma desculpa que pode ser considerada das mais burras para lidar com a rejeição.

Já adianto que replicar essa pesquisa como verdadeira, é o mesmo que replicar como verdadeiras, pesquisas como as que afirmam que “mulheres que tem tatuagem são vagabundas” e assim por diante.

Primeiro, vamos falar da pesquisa, depois explicarei porque é uma desculpa burra, certo? Certo.

Sobre a pesquisa:

BrasilPost | Pesquisa

Pesquisadores da Universidade de Buffalo, no estado de Nova York, da Universidade Luterana da Califórnia e da Universidade do Texas exploraram essa questão em umnovo estudo.

Durante as pesquisas preliminares, 86% dos homens disseram que se sentiriam confortáveis em sair com alguém mais inteligente do que eles. Em uma série de seis experimentos, os pesquisadores colocaram essas afirmações à prova.

Até aí ok, porque só perguntaram para os homens e eles devem ter dito: “Óbvio. Sem problemas, lógico! Até acho legal e tal”. Nada imprevisível.

BrasilPost | O teste

Na primeira versão do estudo, os pesquisadores fizeram com que 105 estudantes universitários do sexo masculino lessem uma informação hipotética, na qual uma mulher havia tirado uma nota mais alta do que a deles em um teste, e depois pediram que eles avaliassem o quão romanticamente desejável seria essa mulher.

No segundo estudo, 151 universitários fizeram um teste de inteligência, e depois foram perguntados se gostariam de encontrar a mulher que se encontrava na sala ao lado, que havia tirado uma nota mais alta ou mais baixa do que a deles.

Ambos os estudos revelaram que os homens só se interessaram em encontrar, ou mesmo namorar, uma mulher mais inteligente do que eles em uma situação hipotética.

Nas duas versões seguintes do estudo, os homens interagiram com uma mulher (que estava colaborando com os pesquisadores) que havia tirado uma nota maior ou menor em um teste de inteligência realizado por eles.

Depois que os participantes encontraram a mulher, fizeram o teste sentados ao lado dela, ouviram as notas em voz alta e, em seguida, foi pedido que os homens colocassem suas cadeiras em frente à cadeira da mulher.

anto os homens quanto a mulher responderam a uma pesquisa sobre suas primeiras impressões — especificamente, até que ponto acharam o outro atraente e desejável.

Os pesquisadores observaram a distância entre as duas cadeiras como uma medida para saber o quão atraído o homem estava pela mulher.

Homens que foram colocados ao lado da mulher que tirou uma nota mais alta do que a deles no teste de inteligência sentiram necessidade de se distanciar fisicamente dela quando moveram as cadeiras. Também ficaram mais inclinados a classificá-la como menos atraente e desejável para um namoro do que homens que interagiram com uma mulher que tirou uma nota mais baixa do que a deles.

Aqui começamos o problema, porque nem a Ciência consegue definir o que é inteligência de fato e muito menos quais são todos os fatores envolvidos na atração, aí vem uma pesquisa  dizer que baseada em um mísero teste:

  1. tal e tal mulheres são mais inteligentes que tal e tal cara.
  2. que o cara rejeitou a moçaSÓ porque ouviu que a nota dela era mais alta que dele.

Amiga, nem você que está lendo isso, se achando mega inteligente por ter sido rejeitada 600 mil vezes, é tão burra a ponto de concordar que atração se baseia APENAS em uma SUPOSTA questão de inteligência, certo? A não ser que você seja burra.

BrasilPost | Conclusão

Os participantes e a mulher compartilharam informações básicas como nome, se estavam ou não em um relacionamento, idade e nível de escolaridade. Fizeram um teste lado a lado e ouviram suas notas em voz alta. Os homens receberam a informação de que a mulher havia tirado uma nota mais alta ou mais baixa, independentemente do desempenho deles.

No final, os participantes responderam a uma pesquisa que media o quanto se identificavam com várias qualidades masculinas estereotipadas e quão interessados estavam na mulher em termos românticos.

A sexta e última versão do estudo repetiu o procedimento do quinto experimento, mas os homens viram a mulher por alguns minutos no começo do estudo (embora não tivessem interagido com ela).

Fica ainda pior, pois ignoraram completamente questões básicas, como:

  • Caras casados que pudessem ser fiéis.
  • Caras que teriam preferência por mulheres de outro estereótipo.
  • Caras que só se envolvem ou sentem interesse depois de interagirem com mulheres e não apenas ao vê-las, pois gostam da voz, dos trejeitos, da interação, do cheiro, do tipo de papo inteligente.
  • Caras que não gostam de mulher, porém não disseram nada.

Francamente? Qualquer mulher inteligente iria achar essa pesquisa baseada apenas em questões meramente subjetivas e conduzidas para um resultado pré-definido, só a espera de dados amigáveis, bem escrota.

O porquê da desculpa ser burra

Eu disse que usar como desculpa o velho e bom “Homem não gosta de mulher inteligente” e por inteligente, vamos substituindo aí por vários elogios à mulheres, é uma desculpa burra, certo? Certo.

É uma explicação bem simples e lógica. Nem precisa ser muito inteligente pra entender rsrss

Acompanhe a historinha:

Karol, uma garota inteligente, está a fim de João, um rapaz SUPOSTAMENTE (porque não existem comprovações para tal) pouco menos inteligente que ela, que a rejeitasse.

Sendo Karol uma mulher inteligente, supõe-se que ela use-se da lógica para entender que no caso dela com o João, é melhor cair fora pelos motivos:

  1. ele não gosta dela
  2. não gosta do tipo de mulher que ela (inteligente)
  3. aff… que tipo de cara gosta de mulher burra? Só idiotas ou dominadores e estes, mulheres inteligentes não querem.

Partindo dessas questões, podemos supor que se Karol insiste nesse em João, automaticamente está sendo burra, logo, se ele não quer nada com ela, que está sendo burra em insistir em um cara assim, na verdade, João não gosta é de MULHER BURRA.

Para resumir: mulheres inteligentes não precisam de pesquisas nem desculpas para explicarem suas rejeições, porque entendem desde sempre que elas fazem parte da vida e que é muito mais inteligente encará-las e lidar com elas e com os fatores que possam ameniza-las, anula-las, etc.

Logo, se você acha que foi rejeitada por ser inteligente, amiga, tenho uma notícia para você…

CÊ TÁ DE PARABÉNS! rs

Comentários

comentários

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.