Mulher Disponível x Mulher Disposta: entenda a diferença e pare de ser inconveniente

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Desde que me entendo por gente, vivi nadando contra a maré: nunca senti culpa por me permitir escolher, curtir, etc, porém sempre tive que lidar com o fato de ser olhada estranho ao assumir tais escolhas.

Na internet, especialmente no Twitter, foi onde finalmente me senti livre para assumir que eu sentia desejos, que os atendia na medida do possível, etc.

Foi a partir desse momento também que finalmente me senti a vontade para me assumir disponível quando terminei meu namoro.

No entanto, junto com isso veio um novo desafio: o de lidar com um número considerável de homens que não entende a diferença entre uma mulher estar Disponível X Disposta.

Passei por essa fase enfatizando muitas vezes o quanto me incomodava com homens fazendo essa grosseira confusão, o que nunca foi agradável.

Me casei e, mesmo assim, ainda lidava com um ou outro perdido, mas o que pude perceber foi a quantidade de outras mulheres que encaram o mesmo problema todo santo dia.

Vendo isso, pensei na possibilidade dos homens realmente terem dificuldade em entender a diferença entre uma mulher disponível e uma mulher disposta, logo… Por que não explicar, não é mesmo?

Three young women drinking cocktails at bar, laughing

[dropcap]Mulher Disponível[/dropcap]

Uma mulher pode ser considerada disponível quando assim ela se declarar. Consideramos que uma mulher disponível seja uma mulher aberta a possibilidades, encontros, etc, de acordo com os critérios dela.

mulheres disponíveis

[dropcap]Mulher Disposta[/dropcap]

A mulher disposta é uma mulher disponível, no entanto, que esteja disposta a você. É aquela mulher que está te dando mole, que está disposta a ver onde vai dar com você.

mulher disponível destaqueResumindo…

Uma mulher disponível pode estar disposta a muitos caras e não à você ou, claro, a você e a mais nenhum, por exemplo.

Em suma, uma mulher disponível está aberta a possibilidades, o que pode ou não incluir você.

Portanto, é válido afirmar que se uma mulher diz no Twitter, por exemplo, que está a fim de transar e você responde convidando-a e ela o corta, ela não está disposta e você precisa apenas se recolher ao seu canto sem começar a proferir ofensas ou a dizer coisas grotescas do tipo “Se ela tá a fim de dar, não tem direito de escolher”.

Agora que esclarecemos, espero que o mundo fique melhor. Amém.

Comentários

comentários

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.