O amor é um jogo e, para vencer, é preciso assumir o risco de perder

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

O Amor é um jogo e como todo jogo, só joga quem quer. Se você quer entrar nessa disputa tem que assumir o risco da outra pessoa não querer mergulhar junto nesse tabuleiro da sedução. Sabe aquela coisa do querer e ter? Então, mesmo que você queira a finco aquela situação, se a outra pessoa não quiser, você não vai ter! Inclusive, ela pode às vezes por curiosidade, molhar os pés, mas ela e somente ela vai decidir se quer se banhar por completo ou não

Você pode usar das artimanhas da conquista, dedicar seu tempo e partilhar momentos juntos, mas todos nós aqui sabemos que é sim o começo da relação, aquele período de troca, que nos faz pensar se vale a pena ou não levar adiante o que está nascendo. Mas é bom lembrar que não adianta ir com sede ao pote! Não adianta queimar largada! O que tiver que rolar, vai acontecer independentemente de qualquer artifício usado e pasmem, se não for pra acontecer, o relacionamento não vai vingar! E ninguém é obrigado a amar ninguém, ninguém é obrigado a ficar com ninguém e acreditem, nenhum argumento no mundo é válido quando um dos dois não quer mais.

Já passei por alguns términos na minha vida, mas vejo que constantemente e cada vez menos as pessoas tem aceitado a rejeição. Colega, bora acordar pra vida? Se a pessoa decidiu que não quer mais, algum motivo existe! E nem sempre é outra pessoa que está no jogo, o simples fato de vivermos num mundo onde tudo acontece tão rápido, com tanta informação a nossa volta nos fez criar um filtro seletivo.

Vou explicar.

Na geração dos nossos avós não se tinha lá muita opção. As pessoas casavam com quem a família determinasse e ponto acabou. Algumas mulheres passavam suas vidas ao lado de homens que não proporcionavam prazer, não eram carinhosos. Alguns homens passaram suas vidas amarrados a mulheres que declaradamente nunca os  amaram, mas nada podia ser feito com relação a isso, era o costume da época.

Quase 80 anos depois, cá estamos nós. Na era da informação, da troca e principalmente da ESCOLHA. Sinceramente? Eu não desperdiçaria a minha vida com alguém que conhece tudo, menos a palavra LIMITE. Por isso o começo de qualquer relação pra mim é importante, um difusor de águas e eu instigo muito a pessoa para saber se vale a pena eu me abrir e amar.

Sejamos sinceros, se podemos escolher entre ter  alguém que é bacana com um sexo gostoso MAS com atitudes que fazem pensar seriamente se a relação tem futuro ou a opção de voltar pra pista e continuar procurando a metade da laranja (tampa da panela ou simplesmente quem nos faça feliz pela suas atitudes ) vocês acham mesmo que em pleno 2016 ficaremos com o conformismo? JAMÉ! Pelo menos euzinha aqui SEMPRE VOU OPTAR PELA SEGUNDA OPÇÃO.

E isso não faz de nós pessoas vazias, não faz das mulheres putas, ou dos homens uns galinhas sem coração. Só mostra que no jogo do amor você optou por não se conformar ou enganar alguém para estar em uma relação. Pelo contrário, Isso faz de nós pessoas sensatas, do mundo moderno, que sabem o que querem e que não se satisfazem com o básico, pois a gente sabe, a gente acredita e tem certeza que nesse mundão afora existe alguém perfeito pra gente. Ou quase, porque pra mim, perfeição também enjoa 😉

Mas esse essa pessoa amigos, infelizmente não é você! Supere!

Aproveita esse momento de ruptura pra uma auto reflexão, afinal as vezes o problema não era nem você. As vezes a gente ama errado mesmo, acontece. Queremos tanto algo mas não enxergamos que algo não completa. Mas não julgue, não aponte e o mais importante: Não ofenda alguém só porque essa pessoa não te quis mais! No Jogo do amor, saiba ter poder!

Quando a pessoa certa chegar, todo o jogo vai ter sentido e você vai conseguir enxergar com clareza todas as regras, vai olhar para trás e ver que o tabuleiro estava só começando. Amar é viver e para mudar nossa alma de residência a gente aprende que amar é muito mais do que sexo gostoso, é troca!

😉

Comentários

comentários

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.