Ser solteiro cansa? Ou será que é a carência que nos obriga a procurar alguém mesmo que não estejamos necessariamente preparados para dar este passo?

por Evandro de Freitas | @evandrof

 

– “Mano, namorar é da hora, mas puta merda, tô gastando um dinheiro violento, hein?”

Olá, Jovens!

A declaração acima foi de um amigo que nunca tinha namorado antes e estava completando seu primeiro mês de namoro sério.

  • Detalhe importante: duas semanas antes de começar a namorar, ele dizia que estava no auge, que não iria namorar tão cedo, etc.

É amigo, as coisas mudam, hein? ¯_(ツ)_/¯

Assim como a maioria das mulheres, o que os homens acabam buscando é um equilíbrio. Por mais que o cara esteja na fase de “pegação” da vida dele, se aparecer uma mulher que seja realmente especial e ele perceba que ela possa ser o grande amor da vida dele, não tem babaquice  nem vontade de pegar todas que segure.

Digo isso por experiência própria e por amigos que já “namoraram sério” com 18, 19 anos. Idade em que, teoricamente, homem só quer bagunçar.

Não é uma questão de necessidade de estar com alguém ou de simplesmente cansarmos de ser solteiros, de uma hora para outra.

Na real, acho que a necessidade que sentimos é de sermos especiais para alguém e isso vai além até de um relacionamento homem e mulher.

Um ex chefe meu, gente boa pra caramba, bem resolvido, bem sucedido profissionalmente, era solteiro a mais de, vejam vocês, cinco anos e era feliz com isso.

O cara simplesmente não tinha vontade de se relacionar com ninguém e era ok com essa situação.

ser-solteiro-cansa

Bizarramente, ele tinha fama de ser gay enrustido, pois a galera simplesmente não conseguia aceitar que ele não fosse casado ou tivesse uma namorada.

Uma vez, conversando num desses almoços onde só se joga conversa fora, perguntei se ele tinha interesse em alguém e ele explicou que não tinha e que provavelmente não teria tão cedo. Dedicava a vida ao trabalho, viajava duas vezes por ano e cuidava dos pais que já eram bem velhos. Era bastante admirado por isso, por toda a família e tinha ótimos amigos. Saia todo final de semana e tal.

Resumindo, o cara era feliz solteiro e não estava nem aí para o que diziam.

Não “feliz” como alguns solteiros que acabam gastando uma puta grana na balada, provavelmente mais do que o amigo lá em cima, só para manter as aparências  de que vivem na curtição, mas no fundo estão mais para frustrados, por não terem alguém.

Ser solteiro enjoa, assim como namoros que caem na rotina, empregos sem perspectiva, faculdade com professores chatos, gente discutindo religião no Twitter e um montão de outras coisas também enjoam.

Coisas chatas enjoam. Ser solteiro, casado, divorciado, Corinthiano, tanto faz.

Procurem um jeito “da hora” de levar a vida. Só não tentem gastar muito dinheiro, hein?

Comentários

comentários

About Author

Evandro é um dos integrantes do 99Vidas, podcast sobre Jogos e no Lógica Feminina, escreve sobre a vida, as coisas e tudo o mais.

2 Comentários