Namoro

Afinal, estamos namorando?

Afinal, estamos namorando?

1 minuto Quando chega naquela fase e surge a dúvida: “Afinal, estamos namorando?” Estamos ficando há meses, os amigos já sabem, mas a falta de esclarecimento deixa a eterna dúvida: “Afinal, estamos namorando ou não?” Tudo aponta que sim, mas e o medo de perguntar? Medo de que você se sinta pressionado e estrague tudo. Medo que você não queira o mesmo que eu. Mas ao mesmo tempo, a incerteza me corrói. Em alguns momentos, eu quase tenho coragem de perguntar, mas acabo me acovardando Continue lendo

Agora eu quero ir

Agora eu quero ir

menos de 1 minuto Antes de começar, clique aqui  e dê play para ouvir enquanto lê. Esta é a primeira vez que lhe escrevo assim, dessa forma. Cá estou, em um dos momentos mais repletos de mudanças em minha vida, sentada à uma mesa qualquer em uma praça de alimentação, numa tentativa de sintetizar em poucas palavras esse turbilhão que não tem se contentado com o espaço aqui de dentro. Você sabe, sempre lidei bem com a mudança. Sempre fui flexível, adaptável. Mas quando se Continue lendo

Namoro é consequência, não objetivo

Namoro é consequência, não objetivo

menos de 1 minuto Namoro é consequência, não objetivo @ThatuNunes gostei muito do texto, e muito dessa frase também. É consequência e não objetivo…excelente! — Robert Batista (@robertbatista) 9 agosto 2015

Relacionamento sério é algo que, mais cedo ou mais tarde, todo mundo terá. Mas como saber se o cara que você está ficando quer um ou não?

relacionamento sério

Ao contrário do que dizem por aí, homens também querem relacionamentos sérios. No entanto, eles não estão tão dispostos assim a se envolver sem que vários critérios possam estar combinados e, claro, sem que a atração que sentem pela pessoa em questão seja maior que a atração que ele sente por todas as outras, somadas.

É uma conta matemática básica, porém complicada para nós, mulheres. No entanto, na cabeça do homem, ela é quase automática: quando ele finalmente se sente interessado por uma garota a ponto de outras garotas – mesmo as mais interessantes garotas à sua volta, serem menos interessantes, ele finalmente se entrega a algo mais sério.

Mas muitas vezes, ele fica um tanto inseguro no começo e observando cada ação, reação, afim de se sentir seguro – ou não, para seguir com a relação para o “próximo passo”.

Perguntei no Twitter se os rapazes concordavam com este texto e coloquei aqui algumas das respostas:

Só que neste processo, ele também dá dicas de que está com a intenção de que aquilo venha a ser um relacionamento sério e é legal observar essas possíveis reações:

Ele tenta te conhecer melhor

Claro que esta dica, sozinha, não quer dizer nada. Afinal, o cara pode ser apenas muito curioso. No entanto, em geral, quando o rapaz tenta saber mais a seu respeito, ele está mais interessado em te conhecer melhor, te entender melhor.

Ele fala mais de si e da própria vida pessoal

Em relações casuais e passageiras, o rapaz costuma falar de assuntos mais genéricos, menos pessoais e íntimos. Falar de si só o estritamente necessário para construir o mínimo de relação possível. Agora, quando ele cogita algo mais sério, começa a se abrir e falar de si, dos amigos, da família e dos próprios planos.

Ele começa a te incluir, mesmo que sutilmente, nos planos futuros

Uma dos sinais mais importantes é quando o rapaz começa a falar dos planos e, mesmo que sutilmente, insira você em alguns. Às vezes de forma tímida, em tom de brincadeira despretensiosa, mas não deixa de te colocar neles.

Ele faz questão de demonstrar memórias dos seus encontros e conversas

Outro sinal muito legal é quando o rapaz começa a demonstrar consideração e importância ao que já viveram, ainda que pouco. Ele começa a falar de detalhes dos encontros anteriores, às vezes até de forma saudosa.

Ele procura reforçar que parece que já se conhecem há tempos

O rapaz que faz questão de reforçar como vocês combinam, como parece que se conhecem há muito mais tempo do que se conhecem de fato, está indicando que ele acha que vocês combinam bem e que é tão bom estarem juntos que parece que nunca houve ninguém antes.

Ele se refere à vocês juntos como “nós”

Quando o rapaz começa a usar “nós” para se referir a vocês juntos, pode apostar que ele quer muito que isso dure. E esta situação fica ainda mais evidente e especial quando ele o faz em público.

relacionamento sérioEle fala de você para os amigos dele

Os amigos dele são o maior desafio que ele enfrentará ao passar da etapa de “pegação” para “relacionamento sério”. Ele terá que aguentar o tradicional ritual de iniciação regado a zuação, por isso, para ele chegar ao ponto de falar de você para os amigos, só quando ele realmente quer algo sério.

 

Ele tenta falar contigo e te ver com mais frequência

Quando ele começa a criar mais espaço na vida dele para você, é sinal de que ele já está cogitando seriamente que você faça parte da vida dele de forma efetiva.

 

Ele quer te apresentar para a família dele

Muitos rapazes apresentam as meninas antes de querer algo sério. Normal. Mas é questão de observar a forma como ele te apresenta: se é como amiga, é um sinal de que talvez ele não queira algo sério, mas também pode ser só um jeito bem dele de lidar com essa fase complicada. Por outro lado, se ele te apresenta apenas pelo nome, pode ser que ele queira deixar em aberto o que vocês tem, sem rotular, até que isso tome forma definitiva.

 

Ele te assume publicamente

Vocês começam a andar de mãos dadas em locais públicos, a se sentarem juntos sem receio de que ninguém perceba, ele começa a te levar em casa sempre que saem.

 

Ele quer conhecer sua família

Outro grande desafio para o rapaz é conhecer a família da moça. Na verdade, muito mais por medo de não ser aceito do que por outra coisa, mas quando ele decide dar esse passo, é definitivo: ele quer relacionamento sério.

 

Gostou das dicas? Então compartilhe, comente e deixe sua curtida para nos ajudar a divulgar nosso trabalho.

 

[Publicação original em 31 de Julho de 2015]

Como evitar o dedo podre

Como evitar o dedo podre

menos de 1 minuto Relações são complicadas, mas com raras exceções, não fogem à regra do “Se começar errado, não vai dar certo”.   É complicado definir os fatores que podem decidir uma relação de sucesso, mas baseando-me em minha experiência de vida, somada a de amigas, parentes e, claro, de tantas leitoras que me pedem socorro todo dia, arrisco-me a dizer que o que começa errado, tem grandes chances de dar muito errado. Aquele sentimento bom que dá quando o beijo se encaixa, aquela sensação Continue lendo

Fim de relacionamento: não precisa ter culpado

Fim de relacionamento: não precisa ter culpado

menos de 1 minuto Fim de relacionamento é (quase) sempre uma merda para ambos. A não ser que um dos lados tenha sofrido tanto DENTRO da relação, por mais que um lado não queira mais, também é foda ter que escolher entre viver sofrendo ou deixar alguém que já amamos tanto sofrendo.   E pior ainda quando os envolvidos ainda se gostam, mas a relação chegou num ponto, numa fase em que continuar traz tantos ônus, tantos desgastes e tantos confrontos, que é sábio Continue lendo